terça-feira, 8 de novembro de 2011

Adoração Eucarística | Novembro


QUARTA - FEIRA 9 DE NOVEMBRO DE 2011
AS 18H15 NO CONVENTO DO CARMO
ESPERAMOS POR TI...

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

BENÇÃO MISSIONÁRIA




Olha, Senhor, para o povo fiel
que implora a Tua misericórdia,
para que todos aqueles que em Ti confiam
possam levar a toda a parte
o testemunho do Teu amor.

Abençoa, Senhor, este povo
que espera confiadamente na Tua misericórdia
e faz que receba abundantemente
o que por Tua inspiração deseja.

Favorece sempre, Senhor, com o auxílio celeste
o povo que Te é consagrado,
para que possa dilatar-se por todo o mundo
e cumprir fielmente os teus mandamentos.

Abençoe-vos Deus todo-poderoso,
Pai, Filho + e Espírito Santo.
R. Ámen.

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Poema Missionário




És tu, Senhor, o clarão da tarde,
A nocia, a carícia, a Ressurreição.
Passa outra vez, Senhor, dá-nos a mão,
Levanta-nos,
Não nos deixes ociosos nas praças,
Sentados à beira dos caminhos,
Sonolentos, desavindos,
A remendar bolsas e redes.
Envia-nos, Senhor, e partiremos o pão
Juntos nos caminhos da missão.

[DO GUIÃO OUTUBRO MISSIONÁRIO 2011]

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

PAI - NOSSO MISSIONÁRIO

P – Pai-nosso que estais nos céus.
R – Onde tantos olham para a terra, que eu saiba contemplar o céu.

P – Santificado seja o vosso nome.
R – Onde tantos adoram a máquina que eu saiba venerar o homem.

P – Venha a nós o vosso Reino.
R – Onde tantos põem bombas de destruição, que eu ponha uma palavra de união.

P – Seja feita a vossa vontade assim na terra como no céu.
R – Onde a vida perdeu sentido, que eu leve sentido à vida.

P – O pão nosso de cada dia nos dai hoje.
R – Onde tantos buscam ser servidos, que eu ponha a alegria de servir.

P – Perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido.
R – Onde tantos erguem as mãos para agredir, que eu abra o coração para acolher.

P – Não nos deixeis cair em tentação.
R – Onde tantos estão sempre distantes, que eu seja alguém sempre presente

P – Mas livrai-nos do mal.
R – Onde tantos vivem nas trevas do egoísmo, que eu passe fazendo a todos o bem.


Oração:
Senhor nosso Deus, Tu que envias o teu Espírito para que toque
os corações sedentos da verdadeira vida. Que continuemos a entregar
a nossa vida ao serviço deste mundo cada vez mais enfraquecido,
para que o Evangelho se torne vivo e o mundo caminhe na paz e
na unidade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo vosso Filho que é Deus
convosco na unidade do Espírito Santo. Ámen.

[DO GUIÃO OUTUBRO MISSIONÁRIO DE 2011]

terça-feira, 25 de outubro de 2011

PRECES MISSIONÁRIAS



Irmãs e irmãos:

Reunidos em oração, elevemos a Deus nosso Pai as nossas preces pela Igreja missionária e pelo mundo a quem somos enviados a anunciar o Evangelho, dizendo com toda a confiança:

- Ouvi, Senhor, a nossa oração.

1. Rezemos para que a Igreja, seja verdadeiramente missionária, cujo primeiro e melhor serviço é a proclamação da Boa Nova a todos os povos e culturas, nada impondo, mas sempre propondo a pessoa de Cristo Salvador. Oremos.

2. Rezemos por todos e cada um dos baptizados, para que sejam evangelizadores entusiasmados pela profundidade e beleza da fé de modo a transmitir a Boa Nova do amor de Deus aos vizinhos, aos filhos e às gerações futuras. Oremos.

3. Rezemos pelos missionários e missionárias que trabalham longe da sua pátria, para que sintam sempre de novo o chamamento de Cristo a partir ao encontro de cada irmão segundo o estilo de Jesus, o Bom Pastor. Oremos.

4. Rezemos pelos leigos comprometidos na actividade missionária para que, através do seu testemunho na vida profissional, familiar e eclesial, sejam uma verdadeira rede de evangelização no coração do mundo levando o Evangelho a todos os sectores da vida. Oremos.

5. Rezemos por todos aqueles que fazem voluntariado para que sejam sinal da gratuidade do amor de Deus e da fraternidade do Reino e, pela sua acção e presença, contribuam para aliviar o sofrimento e a solidão, promover a fraternidade e combater a pobreza. Oremos.

6. Rezemos pelos que sofrem duramente os efeitos da crise, nomeadamente os pobres, os desempregados e os idosos, para que as comunidades cristãs, animadas pela caridade, se multipliquem em gestos de acolhimento, de compaixão e de solidariedade, geradores de esperança. Oremos.

Senhor nosso Deus,
que enviastes ao mundo o vosso Filho Jesus Cristo
para anunciar a todos o vosso amor de Pai,
concedei-nos a graça de acolher a Sua Palavra
e viver com alegria a nossa vocação missionária, na Igreja e
no mundo.
Por Nosso Senhor…

domingo, 23 de outubro de 2011

FIM DE SEMANA MISSIONÁRIO


quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Santa Teresinha, Padroeira das Missões


“Na manhã do dia 8 de Setembro, senti-me inundada por um rio de paz. E foi nessa paz «superior a todo o sentimento», que pronunciei os meus santos votos... Quantas graças não pedi nesse dia!... Sentia-me verdadeiramente Rainha, por isso, aproveitava o meu título para libertar os cativos, para obter favores do Rei para com os seus súbditos ingratos, enfim, queria libertar todas as almas do Purgatório e converter os pecadores... Ofereci-me a Jesus, para que Ele cumpra perfeitamente em mim a sua vontade, sem que as criaturas jamais se oponham...” (Ms A 76v).

Introdução
Teresa do Menino Jesus desde a sua subida aos altares e ao Padroado universal das missões, juntamente com S. Francisco Xavier, é digníssima porta-voz do apostolado missionário de todo o Cristão. Ela ora, sacrifica-se pela santificação dos sacerdotes e missionários e pela salvação de todos. Refere a sua confidente e irmã Celina, que Teresinha estimava a vida religiosa, sobretudo, como um remédio para salvar almas. Pensou mesmo fazer-se religiosa das Missões estrangeiras para poder satisfazer essa ânsia. Mas a esperança de salvar mais almas por meio da oração e o sacrifício levou-a a fechar-se no Carmelo.
Desde a sua entrada no Carmelo (a Arca Santa) a sua sorte seria a da pombinha de Noé. É ela mesma a falar: “um dia o Senhor abriria a janela da Arca e dir-me-ia para voar para muito longe, muito longe, até às regiões infiéis, levando comigo o raminho de oliveira.
Este pensamento... fez crescer a minha alma, fez-me pairar acima de todas as criaturas”.
Teresa do Menino Jesus esteve mesmo disposta a ir para Hanoi, respondendo desta maneira a um convite que as Irmãs Carmelitas daquele convento tinham feito ao Carmelo de Lisieux. Isto só não
se realizou devido à sua doença, mas mesmo assim, Teresa fez uma novena ao Venerável Teófanos Venard implorando a sua cura completa para ir até à China. Mas esta novena foi o ponto de partida
de um período de maior gravidade. Santa Teresinha não chegou a ir até a Hanoi, devido ao seu corpo enfermo, mas o seu espírito voava até lá.

[Do Guião Outubro Missionário 2011]

sábado, 15 de outubro de 2011

PRECES MISSIONÁRIAS



Santa Teresinha dizia: “no coração da Igreja eu serei o amor”. Ela encontrou o seu lugar na Igreja, um lugar que é também o de cada um de nós. Unidos a ela oremos a Jesus, por cujo coração ardia de amor. A cada invocação respondemos:

Fazei-nos, Senhor, missionários do Amor!

1- Senhor, Vós dissestes: «Aquele que tiver sede venha a mim e beba». Dai-nos, Senhor, sede ardente do vosso amor.
2- Senhor, Vós dissestes: «O amor é forte como a morte». Concedei, Senhor, a vossa força aos que são perseguidos por causa da Fé.

3- Senhor, Vós dissestes: « Aquele que olhar para trás não é digno de mim». Enchei-nos, Senhor, daquela fé que atravessa as trevas.

4- Senhor, Vós que dissestes: «O que fizestes a um dos Meus irmãos mais pequeninos, a mim o fizestes». Fazei que vos reconheçamos e amemos em todos os nossos irmãos.

5- Senhor, Vós dissestes: «Eu vim lançar o fogo à terra». Enchei-nos, Senhor, do ardente espírito missionário que floresceu no coração de Santa Teresinha e que a levou a oferecer-se pela salvação
das almas.

Oração – Deus de infinita bondade, que abris as portas do vosso Reino aos pequeninos e humildes, fazei que sigamos confiadamente o caminho espiritual de Santa Teresinha, para que cheguemos, por sua intercessão, ao conhecimento da vossa glória. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amén.

[Do guião Outubro Missionário 2011]

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

O ENVIO DE JESUS


O envio de Jesus apresenta-se no perfeito grego, pelo que a sua missão começou e continua. Não terminou. Ele continua em missão. A nossa missão está no presente. O presente da nossa missão aparece, portanto, vinculado e agrafado à missão de Jesus, e não faz sentido sem ela e sem Ele: «Como me enviou o Pai, também Eu vos mando ir». Nós implicados e imbricados n’Ele e na missão d’Ele.
Nascerá assim uma Igreja jovem, leve e bela, toda discipular, toda evangelizada e toda evangelizadora, toda missionária, dado que ser missionário é a maneira de ser de cada cristão, de acordo com o intenso dizer de Paulo VI na sua inesquecível Exortação Apostólica Evangelii Nuntiandi (1975), n.º 14: «Evangelizar é a graça e a vocação própria da Igreja, a sua identidade mais profunda. A Igreja existe para
evangelizar».

[D. António Couto]

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Mensagem do Papa Bento XIX para o Dia Missionário Mundial


Assim como o Pai me enviou, também Eu vos envio a vós» (Jo 20, 21)

 «...Ide e anunciai
Este objectivo reaviva-se continuamente através da celebração da liturgia, em especial da Eucaristia, que se conclui sempre evocando o mandato de Jesus ressuscitado aos Apóstolos: «Ide...» (Mt 28, 19). A liturgia é sempre uma chamada «do mundo» e um novo início «no mundo» para testemunhar o que se experimentou: o poder salvífico da Palavra de Deus, o poder salvífico do Mistério pascal de Cristo. Todos aqueles que encontraram o Senhor ressuscitado sentiram a necessidade de O anunciar aos outros, como fizeram os dois discípulos de Emaús. Eles, depois de ter reconhecido o Senhor ao partir o pão, «partiram imediatamente, voltaram para Jerusalém e encontraram reunidos os onze e contaram o que lhes tinha acontecido pelo caminho (Lc 24, 33-35). O Papa João Paulo II exortava a estarmos «vigilantes e prontos para reconhecer o seu rosto e correr a levar aos nossos irmãos o grande anúncio: “Vimos o Senhor”!» (Carta ap. Novo millennio ineunte, 59).

A todos

Todos os povos são destinatários do anúncio do Evangelho. A Igreja «por sua natureza é missionária, visto que, segundo o desígnio de Deus Pai, tem a sua origem na missão do Filho e na missão do Espírito Santo» (Conc. Ecum. Vat. II, Decr. Ad gentes, 2). Esta é «a graça e a vocação própria da Igreja, a sua mais profunda identidade. Ela existe para evangelizar» (Paulo vi, Exort. ap. Evangelii nutiandi, 14). Consequentemente, nunca pode fechar-se em si mesma. Enraíza-se em determinados lugares para ir além. A sua acção, em adesão à palavra de Cristo e sob a influência da sua graça e caridade, faz-se plena e actualmente presente a todos os homens e a todos os povos para os conduzir rumo à fé em Cristo (cf. Ad gentes, 5).»