quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Em oração termina 2009...



Pai Santo,

hoje ao terminar este dia e mais um ano

a nossa jovem oração não pode ser outra
senão em acção de graças por quanto ao nosso grupo de jovens

missionário Kanimambo nos destes...
alegria, amizade, graça, amor perdão e caminho...

Muitas das vezes onde estavamos nós?
onde estava o nosso olhar?...

Obrigada pela tua presença,
obrigada pelo Teu Amor nas nossas vidas...
obrigada por nunca teres permitido
que o nosso olhar se perdesse do Teu.


Hoje e amanhã queremos continuar a comprovar
o Teu Amor nas nossas vidas...
a Ti te apresentamos aqueles que amamos

e que connosco fazem caminho...
os que trabalham pela paz e pelo bem dos outros,

por todos os missionarios do Mundo...

Ensina-nos a ter um coração atento,
sensato e agradecido.
Enche-nos de TI.
Ámen.

sábado, 26 de dezembro de 2009

Festa da Sagrada Família


«...o mesmo amor que constrói e une a família
é o que favorece a solidariedade
e a colaboração entre os povos da terra.»
[Papa Bento XVI]

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

O presépio do nosso grupo nasceu...

e ao entardecer o presépio do nosso grupo nasceu
bem perto da imagem de São joão da Cruz...


«Quando chegou o tempo
em que ia nascer,
tal como o desposado,
saiu do seu tálamo
abraçado à sua esposa,
porque a trazia nos seus braços,
o qual a bendita Mãe
pôs num presépio,
entre uns animais
que então por ali havia.
Os homens entoaram cantares,
os anjos a melodia,
festejando o desposório
que entre aqueles dois havia.
Porém no presépio Deus
ali chorava e gemia,
porque eram jóias que a esposa
trazia ao desposório.
E a Mãe estava espantada
em Deus: o pranto do homem,
e no homem: a alegria,
o qual num e no outro
tanto diferia.»
[São João da Cruz]

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Um Santo e Feliz Natal!

O Mistério de Natal!

«Mesmo os que têm uma fé diferente, ou os infiéis, para os quais a antiga história da criança de Belém nada significa, preparam se para a festa e pensam, em como acender um raio de alegria em toda parte. É como uma correnteza quente de amor perpassando toda a terra, meses e semanas antes. Uma festa de amor e de alegria.
O menino no presépio é o Rei dos reis, Aquele que reina sobre a vida e a morte. Ele diz : «Segue-me», e quem não está com Ele está contra Ele (Lc 11,23). Isto Ele di-lo também para nós e dá-nos a escolher entre a luz e as trevas. Ignoramos aonde o Menino divino nos quer conduzir aqui na terra, e não o devemos perguntar antes do tempo certo. O que sabemos, é que tudo contribui para o bem daqueles que amam o Senhor (Rm 8,28), e que os caminhos traçados pelo Senhor vão para lá desta terra.
Ao tomar um corpo, o Criador do género humano ofereceu-nos a sua divindade. Deus fez-se homem para que os homens pudessem tornar-se filhos de Deus. «Ó troca admirável!» É por essa obra que o Salvador veio ao mundo. Um de entre nós houvera rompido o laço da nossa filiação em Deus; de entre nós um deveria renunciar e expiar a sua falta. Mas rebento algum da velha cepa, doente e degenerada, o pôde fazer; era preciso que nesse tronco fosse enxertada uma planta nova, sã e nobre. Ele tornou-se assim um de nós e muito mais do que isso: um em nós. Aqui está o que de mais maravilhoso há no género humano: que todos sejamos um. […] Ele veio para formar connosco um corpo misterioso: Ele é o Chefe, a cabeça, e nós os seus membros (Ef 5, 23.30).
Se aceitarmos pôr nas mãos do Menino divino as nossas, se respondermos «Sim» ao seu «Segue-me», então seus seremos e o caminho ficará livre para que Ele nos passe a sua vida divina. Assim é o início da vida eterna em nós. Não é ainda a visão beatífica na luz da glória, é ainda a obscuridade da fé; mas já não é a obscuridade deste mundo – é estarmos já no Reino de Deus«.
[Santa Teresa Benedita da Cruz]

sábado, 19 de dezembro de 2009

IV Domingo do Advento

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Solenidade de São João da Cruz

Cantico Espiritual

sábado, 12 de dezembro de 2009

III Domingo do Advento


terça-feira, 8 de dezembro de 2009

A Maria Imaculada

Oh, guarda-me sempre casta e pura,
Preserva-me de toda a falta,
Vela com cuidado sobre meu fraco coração
Para que agrade ao Bem-Amado Salvador.

Que se pareça a um jardim solitário,
Que Jesus se agrade deste canteiro,
Que se digne visitá-lo muitas vezes,
Oh, que Ele aí permaneça constantemente,
Que Ele seja o Rei, o único apoio,
O Esposo enfim, o divino Amigo,
E que visitando-o a toda a hora
Nela faça a sua demora.
Porque meu coração está sempre com Ele,
E noite e dia pensa sem descaso
No Celeste e divino Amigo
A quem queria demonstrar sua ternura.

Também se eleva a Ele de desejo:
Não morrer, mas longamente sofrer,
Sofrer para Deus, dar-Lhe sua vida,
Rezando pelos pobres pecadores.

Oh, tal é minha santa inveja!
Da imortal e santa Pátria,
Virgem bendita, Ó doce Maria,
Tu velarás sobre meu débil coração.

Tu o guardarás sempre casto e puro
Preservando-o de toda a falta
A fim de que agrade a meu doce Salvador.


[Isabel da Trindade]

domingo, 6 de dezembro de 2009

SENHORA DO ADVENTO



Maria peregrina lentamente… em direcção a Belém…e, um jovem sai ao seu encontro e interpela-a…

- Ó Maria, nossa Mãe, caminhas para onde?
- Caminho para Belém.
- Queremos fazer caminho contigo! Maria, consentes?
- Vem!
- Senhora do Advento, estamos em 2009. Jesus vai voltar a nascer?!...
Não entendo bem, Senhora, o que isto quer dizer.
- Há dois milénios atrás, escutei no coração que Deus Pai me interrogava e confiava uma missão:
Ser a mãe de seu Filho, o Salvador Jesus Cristo, o Senhor!
- Eu sei, Maria de Nazaré, que foste tu a escolhida p’ra seres a Mãe de Jesus. Admiro-te, Maria! E sinto com todo o povo que és a Nossa Senhora! Eu já amo o teu Jesus!... É linda a Sua história!... Mas, mesmo assim, não entendo porque vem um novo Advento a preparar Seu nascimento…
- Como há pouco te dizia, escutei no coração o que Deus Pai me queria: ainda um pouco confusa, entendi que se tratava de acolher o Seu projecto de amor e paz para o mundo; e que contava comigo p’ra colaborar com Ele nessa Nova criação que iniciou com Jesus.
- Maravilhosa missão!...Uma Nova criação!...Um Novo Mundo!...
- Sabendo-me eu tão pobre para tão grande tarefa, disse-me Deus que o seu Espírito iria ser Força em mim. Foi então que me entreguei e Lhe respondi que sim. E desde aquele momento, Jesus encarnou em mim!... A Palavra do Senhor fez-se Vida em abundância…para todos…p’ra cada um…e em
qualquer circunstância…Esta Nova Criação que Deus Pai iniciou com a minha colaboração, ainda não terminou…
- Esse projecto divino?!... que Ele te confiou?!...
- Continua a construir-se cada ano,… cada dia,… também agora… aqui…neste preciso momento…
- Oh!... Senhora do Advento!...
- Em cada um que O acolhe… que escuta a Sua Palavra…e, respondendo, se entrega a esta nobre missão de colaborar com Jesus nesta Nova Criação, dá-se um novo nascimento: há mais paz,… há mais amor,… há alegria em redor… e o mundo fica melhor!...
- É Jesus que está a nascer?!...
- Sim, meu filho, podes crer!.. Vale a pena assim viver!...
- Oh!...Mistério de Amor!...
Quero, ó Mãe, ficar contigo! Tenho muito a aprender!...

sábado, 5 de dezembro de 2009

II Domingo do Advento

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Vivei na ALEGRIA!


Um dia, a Margarida passeava como de costume pela floresta e viu uma borboleta presa numas silvas. Com todo o cuidado, para não estragar as suas lindas asas, libertou-a. A borboleta voou imediatamente. Mas, antes de partir para longe, quis agradecer este gesto de amor. E disse à Margarida:
- Para te agradecer, irei realizar o teu maior desejo. Diz-me: qual é?
Margarida pensou um instante e depois respondeu:
- O meu maior desejo é ser feliz.
Então a borboleta aproximou-se dela e murmurou-lhe qualquer coisa ao ouvido. Depois desapareceu.
Margarida cresceu, tornou-se adulta. E ninguém na sua terra era tão feliz como ela. Quando os vizinhos lhe perguntavam pelo segredo da sua felicidade, limitava-se a sorrir e dizia:
- Segui o conselho de uma borboleta!...
Os anos passaram. Quando já velhinha, os netos disseram-lhe:
- Avó, revela-nos esse segredo. Que te disse a borboleta?
E foi então que a sorridente Margarida, já de rosto enrugado, lhes disse:
- Ela disse-me que, para viver feliz, precisava primeiro de tornar os outros felizes. Disse-me que os outros precisavam de mim!

V i n d e


Verdadeiramente, acreditamos que Deus,
está todos os dias,
no meio de nós.
Lá onde todos os homens resistem
Aos ataques da intolerância;
Lá onde eles levam a luz
Onde existem as densas trevas circundantes;
Lá onde eles despertam à sua volta
Um desejo de reconciliação e de amizade.

Mas como poderemos deixá-lo assim
nos nossos caminhos
sem ir ao seu encontro?
E como poderá ele seguir o seu caminho
e vir até junto de nós
se nos mantemos surdos ao seu grito:
«Vinde, também vós,
seguir os meus passos...»

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Adoração Eucarística | Dezembro ´09


ADORAÇÃO EUCARÍSTICA CONVENTO DO CARMO
QUARTA-FEIRA, 2 de DEZEMBRO ÀS 18H15
http://ultimomissionario.blogspot.com/

sábado, 28 de novembro de 2009

I Domingo do Advento

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Chamo-Te

Chamo-Te porque tudo está ainda no princípio
E suportar é o tempo mais comprido.

Peço-Te que venhas e me dês a liberdade,
Que um só de Teus olhares me purifique e acabe.

Há muitas coisas que não quero ver.

Peço-Te que sejas o presente.
Peço-Te que inundes tudo.
E que o Teu reino antes do tempo venha
E se derrame sobre a Terra
Em Primavera feroz precipitado.

[Sophia de Mello Breyner Andresen]

Notícias da Laura...


Queridos filhos, familiares, Amigos...
Não tenho tempo, para responder individualmente....mas não me esqueço dos Amigos e Amigas de VERDADE!....e agradeço todo o cuidado e atenção para comigo!...uns respondem, outros nem por isso, mas sei que não se esquecem de mim e isso é que importa...
Agora está mais complicado, pois um Orfanato sem crianças de férias, por 2 meses é como uma casa sem ninguém!....mas vou resistir, com o vosso apoio e Amizade!....
Estou a escrever à pressa, pois estive nos CTT e não consegui nada e agora estou na tele data e o tempo urge!...se não voltar a falar convosco desejo a TODAS/OS UM FELIZ NATAL e um Ano cheio de tudo que mais desejam!....Vai ser meu 1º NATAL, Ano Novo sem minha família!....mas DEUS, vai ajudar-me tenho certeza!....mas quem escolhe este caminho é assim mesmo....privar-se de certas coisas, que lhe são tão queridas, mas por vezes faz bem passar por este isolamento!....
ABRAÇÃO DO TAMANHO DO MUNDO da mãe, mana, tia, titia vovó prima e Amiga.....sobretudo!....

Laura

P.S. O vestido ou as 2 peças com que estou a entregar os trabalhos, fui eu que o fiz...não gozem!....

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

sábado, 21 de novembro de 2009

XXXIV Domingo do Tempo Comum


Esperança



Tantas formas revestes, e nenhuma
Me satisfaz!
Vens às vezes no amor, e quase te acredito.
Mas todo o amor é um grito
Desesperado
Que apenas ouve o eco...
Peco
Por absurdo humano:
Quero não sei que cálice profano
Cheio de um vinho herético e sagrado.

[Miguel Torga, in 'Penas do Purgatório']

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Igreja, Una e Santa

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Reunião de Grupo Kanimambo


Quarta-feira, 18 de Novembro às 18h
Teremos reunião de Grupo
Convento do Carmo…
Esperamos por ti!

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

II Kerit | Retiro de silencio

http://carmojovem.blogspot.com/

II KERIT?! O que é?
É um retiro de silêncio…
Um convite a calar os sentidos para ouvires o grande Amigo que habita no íntimo da tua alma.
Que habita e quer continuar a habitar em ti!
Vem… ouvir o que Ele tem para te dizer…
No dia-a-dia o rebuliço de afazeres e compromissos levam-te a descurar um pouco a tua relação com Ele…
Porque esperas para O encontrares em ti?
Vem… Esta é uma oportunidade para silenciares e ouvires a sua Voz!
Vem… Outros, como tu, encontrarás,
outros, como tu, partilharão o mesmo encontro!
Vem e esconde-te na torrente de Kerit,
Outros como tu, querem encontrar-se com O amigo que nos ama e nos chama…
a beber da torrente, a morar junto à margem
Vem…

Onde?
Convento do Menino Jesus de Praga, Avessadas, Marco de Canaveses;

Quando?
Começa no dia 27 Novembro pelas 22H e termina no dia 29, após o almoço;

Quero ir, o que devo fazer?
Envia-nos a tua inscrição até ao dia 22Novembro2009
Mail:
carmojovem@gmail.com

sábado, 14 de novembro de 2009

XXXIII Domingo do Tempo Comum


terça-feira, 10 de novembro de 2009

Fui para os bosques...


«Fui para os bosques para viver livremente,
para sugar o tutano da vida,
para aniquilar tudo o que não era vida,
e para, quando morrer, não descobrir que não vivi.»
[Thoreau]

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Uma longa caminhada!


«…Todos ficam felizes e apreciam a Lua à sua maneira. As crianças admiram as suas sombras e brincam ao luar, as pessoas juntam-se no largo a contar histórias e a dançar noite adentro. Muitas coisas felizes acontecem quando a Lua brilha. São essas algumas das razões por que devemos querer ser como a Lua.
..Decidi começar a observá-la. Todas as noites, sempre que a Lua aparecia no céu, deitava-me na rua e observava-a calmamente. Queria descobrir por que motivo era tão apelativa e agradável. Fiquei fascinado com as diferentes formas que via dentro da Lua…
Sempre que tenho agora uma oportunidade de observar a Lua, continuo a ver as mesmas imagens que via quando tinha seis anos, e agrada-me saber que essa parte da minha infância continua dentro de mim.»
[Uma longa caminhada- Memórias de um menino soldado – Ishmael Beah]

domingo, 8 de novembro de 2009

XXXII Domingo do Tempo Comum


quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Notícias da Laura Vaz





Queridos Amigos
.... por aqui vai tudo bem, apesar do cansaço, mas as aulas já estão a terminar, o PROJECTO terminou bem, as bonecas de trapos idem e agora estas bonecas negras que estou a fazer para vender e angariar fundos para a Missão....todos me dão os PARABÉNS pelas bonequinhas.....espero rendam bastante....
Bjs e até sempre....
SAUDADES!.....mas não tarda estou aí!....
[Laura Vaz]

terça-feira, 3 de novembro de 2009

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Comemoração dos fiéis defuntos

domingo, 1 de novembro de 2009

Adoração Eucaristica | Novembro


FAÇAMOS COMPANHIA AO DIVINO SOLITÁRIO
Quarta-feira I 4 de Novembro I 18h15
Convento do Carmo I Viana do Castelo


http://ultimomissionario.blogspot.com/

Solenidade de Todos os Santos


sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Onde se achará o amor que o tempo não enfraquece?



Tudo “muda” o tempo, tudo faz esquecer, tudo gasta, tudo digere, tudo acaba, “nada, porém está tão sujeito á jurisdição do tempo como o amor”. São as afeições como as vidas, que não há mais certo sinal de haverem de durar pouco que terem durado muito. São como as linhas que partem do centro para a circunferência, que quanto mais continuadas tanto menos unidas. Por isso os antigos sabiamente pintaram o amor menino, porque não há amor tão robusto que chegue a ser velho. De todos os instrumentos, com que o armou a natureza, o desarma o tempo. Afrouxa-lhe o arco, com que já não tira; embota-lhe as setas, com que já não fere; abre-lhe os olhos, com que vê o que não via; e faz-lhe crescer as asas, com que voa e foge. A razão natural de toda esta diferença é porque o tempo tira a novidade às coisas, descobre-lhe os defeitos, enfastia-lhe o gosto e basta que sejam usadas para não serem as mesmas. Gasta-se o ferro com o uso, quanto mais o amor? O mesmo ter amado é causa de não amar, e o ter amado muito, de amar menos.
Estes são os poderes do tempo sobre o amor: mas sobre qual amor? Sobre o amor humano que é fraco; sobre o amor humano que é inconstante; sobre o amor humano que não se governa “pela” razão se não “pelo” apetite; sobre o amor humano que ainda quando parece mais fino é grosseiro e imperfeito. O amor a quem “mudou” o tempo bem poderá ser que fosse doença mas não é amor. O amor verdadeiro vive imortal sobre a esfera da mudança; e não chegam lá as jurisdições do tempo. Nem os anos o diminuem, nem os séculos o enfraquecem, nem as eternidades o cansam: «Omni tempore diligit qui amicus est», disse nos seus provérbios Salomão. Tão isento da jurisdição do tempo é o verdadeiro amor.
Porém um tal amor onde se achará? Só em vós, amante divino, só em vós.
[P. António Vieira]

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

sábado, 24 de outubro de 2009

XXX Domingo do Tempo Comum


quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Tomai, Senhor, e recebei...

video

Tomai, Senhor, e recebei
toda a minha liberdade,
a minha memória,
o meu entendimento
e toda a minha vontade,
tudo o que tenho e possuo;
Vós mo destes;
a Vós, Senhor, o restituo.
Tudo é vosso,
disponde de tudo,
à vossa inteira vontade.
Dai-me o vosso amor e graça,
que esta me basta.
[Sto. Inácio]

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

A PALAVRA TORNA-SE ACÇÃO


A palavra final do Congresso Missionário foi um apelo à encarnação da Missão na nossa vida:
Abres a página dobrada sobre o vinco:
as palavras saltarão para o teu colo,
para o teu rosto, para o teu regaço,
para o teu sorriso, para a tua mão
Estão vivas as palavras, meu irmão,
estão vivas.
acordam quando tu as lês,
todos os dias,
quando desdobras a página, o coração,
onde dormem suavemente enternecidas.
Um vinco na página,
aí está o congresso, não de gesso,
mas um gesto aberto e de terna comunhão.
Senhora da Anunciação, que corres ligeira pelos montes,
vela por nós, fica à nossa beira.
É bom ter a esperança como companheira.
Vai, meu irmão!
Vai, minha irmã!
Não deixes para amanhã
a beleza dos teus passos sobre os montes:
Vive a missão, rasga horizontes.


[D. António Couto
Presidente da Comissão Episcopal das Missões]

sábado, 17 de outubro de 2009

XXIX Domingo do Tempo Comum

Dia Mundial das Missões

Madre Teresa de Calcutá possuía um corpo franzino, mas o seu amor era tão grande que realizou uma obra que iluminou o mundo inteiro. Ela mostra-nos que o Reino de Deus é possível através de pequenos gestos, pequenos sacrifícios em prol daque­les que mais necessitam e sempre em nome do amor:

Tem sempre presente, que a pele se enruga, que o cabelo se torna branco, que os dias se convertem em anos, mas o mais importante não muda! A tua força interior e as tuas convicções não têm idade. Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida. Atrás de cada triunfo, há outro desafio. Enquanto estiveres vivo, sente-te vivo. Mas nunca te detenhas!

[Obras Missionárias Pontifícias]

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Missão 2009

«Somos todos contemporâneos do Ressuscitado»


"Muita gente, nas nossas paróquias, escolas e movimentos, permanece firmemente agarrada aos valores evangélicos, sobretudo aqueles que temos em comum com todos os homens de boa vontade, tais como a liberdade, a justiça, a paz, a solidariedade, o respeito pela criação. Mas este culto dos valores está separado do culto da pessoa viva de Cristo, e manifesta-se no deficit da oração, da adoração, da prática sacramental. Cristo é então relegado para um discurso no passado e na 3.ª pessoa, do género: «ele disse isto», «ele fez aquilo». Neste discurso, há uma ausência significativa do vocativo da oração e do encontro sacramental. Um tal cristianismo, reduzido a uma ética, não pode resistir muito tempo. Somos todos contemporâneos do Ressuscitado. Não simples continuadores. Ele está connosco todos os dias (Mt 28,20), presidindo-nos, precedendo-nos, chamando-nos e enviando-nos, implicando-nos na sua missão. A igreja é a esposa de Cristo. Não a sua viúva nem a sua filha."

[D. António Couto]

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Solenidade da Santa Madre Teresa de Jesus


Hoje, a familia carmelita está em festa.
Une-se para celebrar a festa da sua mãe e fundadora,
Santa Teresa de Jesus.
Feliz dia para todos!

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

domingo, 11 de outubro de 2009

Recomendações - Santa Teresa de Jesus (3)


«Li na vida de Santa Teresa que ela recomenda, àqueles que principiam a orar, imaginar a alma como um jardim cheio de ervas e plantas daninhas, tudo muito seco. Ao principiar a orar, o Senhor põe nele plantas formosas, das quais devemos cuidar para que não sequem. Para isso, os que principiam sempre têm de tirar água do poço, o que é custoso, pois são as dificuldades que cada um tropeça ao principiar a oração»

[Testemunho de Santa Teresa dos Andes]

sábado, 10 de outubro de 2009

XXVIII Domingo do Tempo Comum


Oh meu Deus,
o eco da Tua voz passa pelo meu pequeno mundo,
com ternos sentimentos que deixam pedaços de amor no meu coração!
Nas tuas palavras,
compreendo os reflexos da Tua felicidade!
Humilde e confiadamente Te peço,
a graça da Tua luz para melhor Te conhecer e mais amar!
Oh meu Deus,
Tu que me chamas a seguir-Te,
reforça as portas da minha alma
não te separes de mim nesta hora,
em que me chamas .
Ámen.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Recomendações - Santa Teresa de Jesus (2)



«Só me alongarei em falar de três, que são parte da mesma Constituição, porque é muito importante o grande proveito de guardar essas coisas para ter a paz interior e exterior que o Senhor tanto nos recomendou: a primeira é o amor de umas para com as outras, a segunda, o desapego de todo o criado; a terceira, a verdadeira humildade – que, embora tratada por último, é a principal.»

[Santa Teresa de Jesus – Caminho de Perfeição]

terça-feira, 6 de outubro de 2009

ADORAÇÃO EUCARISTICA | OUTUBRO

É a hora de estar com o Senhor,
sem pressas...
Quarta-feira, dia 7 de Outubro - 18H15
Convento do Carmo I Viana do Castelo

Recomendações - Santa Teresa de Jesus (1)

FELIZ O QUE AMA A DEUS

Ditoso o coração enamorado
Que só em Deus coloca o pensamento;
Por Ele renuncia a todo o criado,
Nele acha glória, paz, contentamento.
Vive até de si mesmo descuidado,
Pois no seu Deus traz todo o seu intento.
E assim transpõe sereno e jubiloso
As ondas deste mar tempestuoso.

[Fonte: Obras Completas – Poesias V,VIII, II – Santa Teresa de Jesus]

domingo, 4 de outubro de 2009

XXVII Domingo do Tempo Comum